"Matem o Presidente" - Sam Bourne


Oieeee gente...tudo bom com vocês?? Espero que sim...

Hoje nós vamos falar de um livro incrível e que em muito se assemelha com a situação vivida nos dias atuais. Vamos falar de Matem o presidente, de Sam Bourne, da editora Record. Como eu já mencionei pra vocês, a gente tá fazendo parte do clume de Temas promovido pela Aliança de Blogueiros, e o tema do mês de Março é Policial. Daí a escolha desse livro. Bora lá conferir??

Os Estados Unidos da America acaba de eleger um presidente maluco, machista, preconceituoso, contrário a imigrantes e com um discurso extremamente populista, sem falar que é completamente despreparado para o cargo. Em um determinado dia na Casa Branca, o presidente exige que ele seja colocado em contato com o Pentagono afim de ordenar um ataque nuclear conta a Corea do Norte, tudo isso porque ele não havia gostado de uma declaração dada pelo ditador de lá e tudo isso com o apoio de seu implacável estrategista, Crawford McNamara.

Maggie Costello, uma experiente funcionária da casa branca e fiel aos seus princípios, descobre que há um plano para matar o presidente dos Estados Unidos e eis que ela se encontra em um grande dilema: salva-lo, deixando o mundo à mercê de um tirano desequilibrado, ou trair seu comandante em chefe e arriscar lançar o país em uma guerra civil.
Maggie passa por várias situações complicadas ao tomar conhecimento de tal conspiração. De traição a tentativa de assassinato. Ela enfrenta uma luta contra o tempo para decidir o que é melhor para o país. 
Essa e outras coisas vocês irão descobrir lendo mais esse thriller maravilhosa que a editora Record trás pra gente.

*****************************************************************************

Conheci esse livro através de um amigo que me disse que havia gostado muito, obvio que eu aceitei a sugestão e fui conferir. De fato o Felipe tinha razão, o livro é excelente. A narrativa tem um ritmo que envolve facilmente. A trama é bem amarrada e conduz para o desfecho sem surpresas, mas dentro da única solução possível.
Creio que todos que forem ler terão a mesma sensação que a minha. Por diversas vezes parecia estar vendo uma matéria do Jornal Nacional, ou seja, as características do presidente da história lembra
muito como o verdadeiro presidente dos Estados Unidos faz.
Uma das coisas que eu mais gostei foi ver o quanto a Maggie é corajosa e que mesmo não tendo nenhuma simpatia para com o atual presidente, ela não achava certo cometer um assassinato e por isso ela decide continuar a investigação afim de salvar o presidente.
A história te prende do inicio ao fim, com uma narrativa em primeira pessoa que ora é Maggie quem narra, ora é Kassian e entre outros personagens.
Uma curiosidade que achei na internet é que Sam Bourne além de autor é jornalista, por isso a trama ganhou contornos interessantes chamando a atenção para problemas bastante concretos.  Outra curiosidade é que Sam Bourne é um pseudônimo. Seu nome verdadeiro é Jonathan Freedland.
Outra coisinha que pude ver nas pesquisas pela web é que a personagem Maggie Costello já apareceu em outros livros do autor. Fiquei agora bem instigada a procurar as outras histórias para ler, pois além de ter curtido a escrita de Sam, eu adorei a personagem Maggie, e gostaria muito de conhecer as outras aventuras dela. Ela é uma personagem muito bem construída, com direito a falhas, dúvidas, erros e acertos, por esse motivo ela me ganhou de vez...rs
Em suma, eu amei o livro e super recomendo a todos, pois é uma leitura envolvente e que faz você querer devorar logo o livro pra saber o que acontece no final....

Como eu falei lá em cima, vamos conferir os outros livros que a galera do clube de temas leu esse mês?








Bom, eu vou ficando por aqui, mas prometendo voltar o mais rápido possível para ver vocês!!!
Um grande bjo no coração de vocês!!
Flay


2 comentários

  1. Menina! Esse clube tem de se reunir e fazer um carrossel de troca de livros. Fiquei louca pra ler. Só o título já chamou minha atenção. Agora que li sua resenha então... Lista de desejados já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom Moni...eu devorei ele raoidinho

      Excluir