Conheça outros filmes LGBT's que mereciam ir ao cinema

Aproveitando a estréia do romance teen 'Com Amor, Simon', decidi apresentar à vocês todos os outros filmes LGBT's que também são maravilhosos e deveriam ter ido para  os cinemas na época que foram lançados.

Para deixar tudo lindo para vocês, tomei a decisão de criar uma lista de 1 à 5 com todos os filmes LGBT's que já assisti, com um resumo do enredo e onde vocês podem assisti-los.
Boa leitura e espero que gostem!

1. Orações Para Bobby (Prayers For Bobby)


Bom, em primeiro lugar não poderia sem ninguém menos que esse belíssimo filme baseado em uma história real. Orações Para Bobby é um filme produzido diretamente para a televisão, e baseado no livro de Leroy F. Aarons, que tem o mesmo título.
Mary Griffith (a digníssima Sigourney Weaver) é uma devota cristã que criou seus filhos com os ensinamentos conservadores da Igreja Presbiteriana. Bobby (Ryan Kelley), um dos seus filhos, confidencia ao irmão mais velho que talvez seja gay, o que muda a vida da família inteira quando Mary descobre. Todos da família lentamente entram em acordo com a homossexualidade de Bobby, menos Mary que acredita que Deus pode curar o filho. Querendo agradá-la, ele faz tudo que a mãe o pede, mas fica cada vez mais depressivo e então decide sair de casa.

O filme tem uma pegada mais pesada. Seu enredo é extremamente tocante que faz você perceber o quanto pode ser difícil a vida de um jovem gay que só quer ser  aceito por sua família. 
Orações Para  Bobby pode  ser encontrado no YouTube nas opções Legendado e Dublado.



2. De Repente, Califórnia (Shelter)
'Shelter' ou 'De Repente, Califórnia' é o segundo filme da nossa lista. Simplesmente porque é aquele tipo de filme que faz com que você se apaixone pelos personagens do início ao fim. 
No filme, o jovem Zach (Trevor Wright) trabalha em uma lanchonete, sem perspectivas, e ajuda a irmã Jeanne (Tina Holmes) a cuidar de seu filho, Cody. Quando o escritor Shaun (Brad Rowe), o irmão mais velho do amigo de Zach, retorna para uma temporada em busca da cura pelo seu desbloqueio criativo, em casa, ele logo se interessa pelos talentos artísticos de Zach. A amizade casual motivada pelo surf se transforma em uma verdadeira e íntima relação entre os dois rapazes.

O filme foi diretamente para Home Vídeo, e pode ser encontrado facilmente em sites onlines.








3. 10 Year Plan
Um filme levemente engraçado com algumas um tanto picantes. A história acompanha dois melhores amigos homossexuais que decidem fazer um pacto: se não encontrarem um grande amor em dez anos, vão ficar juntos. Faltando apenas dois meses para completar uma década, eles fazem tudo para evitar que isso aconteça.

O longa é uma boa pedida para quem quiser passar o tempo, e o melhor de tudo, está disponível na boa e velha Netflix! 














4. Beijos Escondidos (Hidden Kisses)
'Hidden Kisses' é um filme alemão que trata severamente a vida de um menino no qual o pai policial e homofóbico, descobre uma foto dele beijando outro rapaz  e tira satisfação com o  filho. O longa gira em torno de 3 núcleos  diferente, mostrando pontos de vista bem interessantes, um deles é de uma professora que sofreu bullying no colégio quando mais jovem e se via  naquele jovem rapaz que era espancado pelos colegas de classe. Então ela decide fazer algo para ajudá-lo, e percebemos como algumas escolas tratam a questão da homofobia.

É um filme bastante intenso, trata também assuntos como aceitação dos pais, relacionamento abusivo e até mesmo algumas questões de suicídio.

'Hidden Kisses' tem um ótimo enredo e não demora muito para desenvolver sua trama principal.
O filme pode ser visto no YouTube na versão Legendada.



4. Apenas Uma Questão de Amor (Juste Une Question D'Amour)
Esse drama apesar de se arrastar em algumas cenas, é uma escolha bacana pra quem quiser um bom passa tempo pro dia a dia. 
O filme conta a história de Laurent, de vinte e três anos, que compartilha o apartamento com a sua melhor amiga que  está ciente de sua homossexualidade. Laurent é o filho modelo e usa a sua colega de casa para iludir questões sobre a sua vida privada. Como se já não fosse difícil, esta dupla identidade torna-se insustentável quando Laurent se apaixona por Cédric. 

Ambicioso e corajoso, este filme foi o primeiro a romper o tabu da homossexualidade na televisão francesa, abordando os temas da homofobia, do coming out, da aceitação de si mesmo e, claro, do amor, com sensibilidade, respeito e inteligência.

O filme pode ser encontrado em sites onlines.





5. O Clube de Geografia (Geography Club)

Se você procura por uma comédia romântica bem leve e descontraída, esse é o seu filme!
'Geography Club' fala sobre um grupo de estudantes do ensino médio que não se sentem muito à vontade por causa de suas orientações sexuais e se encontram no falso Clube de Geografia, para conversar sobre o cotidiano. Russel (Cameron Deane Stewart), o protagonista do filme, ajuda a formar o clube para que os alunos possam sair juntos, sem levantar suspeitas de seus segredos.

Apesar do filme pecar no desenvolvimento de alguns personagens, ele de fato merece ser assistido para que entendamos que não estamos sozinhos, mesmo quando quem nos estende a mão não é quem gostaríamos.

O mesmo pode ser encontrado somente em sites online.





EXTRA:
The Fosters
'The Fosters' não é um filme LGBT, e sim uma série. E uma grande série que retrata absolutamente tudo que acontece no dia a dia de um casal homossexual.

A trama conta a história de duas mulheres casadas que que sustentam filhos biológicos e adotados, sendo que estes representam diferentes etnias. Stef é uma policial que foi casada com seu colega Mike (Danny Nucci), com quem teve um filho, Brandon (David Lambert). Agora divorciada, ela vive com Lena (Sherri Saum), uma vice-diretora de uma escola onde seus filhos estudam.
Quando Lena conhece Callie (Maia Mitchell), uma adolescente problemática, ela decide acolher a menina, levando-a para viver com sua numerosa família. Enquanto a presença de Callie provoca problemas de relacionamentos, a jovem preocupa-se unicamente em resgatar seu irmão caçula, Jude Jacob (Hayden Byerly), que vive com seu pai adotivo, sofrendo abusos e agressões físicas por parte dele.
Essa série é uma das melhores séries que já assisti na vida e recomendo para todos, pois vale muito a pena. Ela tem romance, drama, comédia, tudo que você pode imaginar. Trata assuntos bastante polêmicos em cada temporada.
A série está atualmente na sua última temporada, contabilizando 5, e as primeiras  temporadas já estão disponíveis na Netflix.

2 comentários

  1. já ouvi dizer que the 10 years plan é muito engraçado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, é bem legal e tem uns alívios cômicos que realmente funcionam! hahah

      Excluir