"A Culpa é das Estrelas" - John Green


Este é um livro que nos transmite um misto de emoções, pensamentos, sentimentos e sensações. 
John Green consegue dar uma pitada de humor, de seriedade, de inteligência (muitaaa inteligência) à um romance entre adolescentes que é muito mais puro e honesto do que a maioria dos casos adultos.

Com certeza, esta história não é um simples passatempo, pois Gus e Hazel sempre serão seus companheiros durante a vida.
Como bem observou Gus: " É fácil demais  seduzir quem você conhece. Mas fazer com que completos desconhecidos o amem... isso sim é um desafio."   Entretanto, esses dois conseguiram cumprir esta missão. Afinal, o leitor, mesmo sendo um estranho, entra na intimidade do casal e se apaixona perdidamente por toda a situação.


Hazel Grace é uma adolescente que sofre com as consequências do câncer, mas que não se abate, pois ela é mais forte do que todos os efeitos colaterais. Tudo o que ela não precisa é da pena de ninguém. Seu mundo pode ser suprido pela presença dos pais e por seu cantinho literário. Aliás, imaginar o fim de seu livro preferido - Uma Aflição Imperial-, que não teve um enredo fechado completamente, é uma coisa muito interessante. Contudo, sempre há a necessidade de se escrever o próprio livro. E é com Augustus Waters, novo membro do Grupo de Apoio a Crianças com Câncer,  que seu pequeno infinito se encherá de novas descobertas.

Esses dois adolescentes encaram suas doenças de maneira muito corajosa e sagaz. Fazem piadas com suas próprias dificuldades e começam a se amar assim:



Juntos enfrentam batalhas, ajudam e são ajudados por seu amigo Isaac, também acometido pela doença; vão em busca de respostas para o fim do livro de Hazel e do próprio livro dos dois, com apenas uma declaração:
 ( O próprio "Eu te amo" do casal. Afinal, eles gostam de ser diferentes e, por isso, se tornaram mais do que essenciais na vida de seus familiares)

Este livro é uma intensa aprendizagem. Não há a possibilidade de se fazer um crítica negativa, pois todos  olham para sua própria consciência durante a leitura. Quantos de nós reclamam da vida por terem simplesmente quebrado a unha?  Reclamar não vai passar a dor, não vai diminuir sua intensidade. Pelo contrário, ela vai tornar sua vida muito triste. Temos que lutar e parar de lamentar sobre os pequenos ou grandes obstáculos, pois o importante é ultrapassá-los. Garanto que a visão do outro lado é muito mais bela.
Tudo na vida tem seu valor e deve ser reconhecido. O colo dos pais, os momentos únicos, as risadas e inclusive as lutas, pois estes elementos fazem parte do seu infinito.

E só cabe a você aproveitá-los ....

Reflita com Gus e Hazel neste intenso romance que te faz chorar e rir ao mesmo tempo.

*****
Nossa... não sei como consegui escrever aqui depois de tantas emoções, mas tem mais uma coisinha que preciso contar para vocês. 
Os direitos de A Culpa é das Estrelas pertencem à  20th Century Fox, ou sejaaa, teremos a adaptação desta incrível obra para as telonas (maravilhoso, não? ).  O roteiro é assinado por Scott Neustadter e Michael H. Weber, roteiristas de (500) Dias com Ela. Já a produção do filme ficará por conta de Marty Bowen e Wyck Godfrey, responsáveis pela produção da Saga Crepúsculo.

Eu amei esta novidade porque poderei matar as saudades que já estou sentindo dos meus mocinhos!

Espero que tenham gostado do enredo! Tenho certeza de que vocês não irão se decepcionar ;)

Bjks da Ale!



7 comentários

  1. Adorei....parece ser uma linda história....e será mais um livro emprestado...hahahahahahahaha...bjks

    ResponderExcluir
  2. O livro é realmente muito perfeito! Pode deixar que lhe mandarei na próxima leva! hahah!

    ResponderExcluir
  3. Que liiiiindo, Ale. Muito perfeito esse livro *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada, Jubs! Esse livro é lindo demais.... Chorei muitooo! Espero que você aproveite bastante! Beeijos!

      Excluir
  4. O livro é PERFEITO. Chorei só para variar rsrsrs.
    Vale muito a pena ler ele, é super recomendável.........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei qual é a palavra certa para descrever esse livro. Acho que ele é indescritível! Eu também amei e recomendo para todo mundo!
      Isaurinha, vc chorou?? Nem acredito! hahaha! #Torneirinha!

      Obrigada pelo comentário, linda! ><
      Espero suas próximas visitas!

      Excluir
    2. Alê adorei sua resenha! A Culpa é das Estrelas foi o segundo livro do John Green que eu li, e eu chorei horrores. Eu ainda não superei e não perdoei o Tio Verde por ter feito o que fez com esse casal maravilhoso.. Gus merecia muito mais! E o filme, na minha opinião foi uma das adaptações mais fiéis do livro, foi tudo lindo demais!

      Excluir